Postado em 02 de Maio às 17h11

Dores nos ombros podem estar relacionadas à omartrose

A omartrose ou artrose no ombro pode surgir em função de fatores genéticos, movimentos repetitivos ou de alto impacto, degeneração da articulação devido à idade e artrite reumatoide crônica. Os sintomas envolvem dor e inchaço no ombro, dificuldade em realizar movimentos, sensação de areia na articulação do ombro e estalidos ao movimentar. O diagnóstico é feito com avaliação física e exames de imagem como o raio-X.
O médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann explica que a doença é causada pelo desgaste da cartilagem da articulação do ombro, o que provoca dor em determinados movimentos. “Com o passar do tempo as dores ficam mais intensas e podem se estender para os braços. Por isso, é fundamental o diagnóstico precoce”, observa. 
O tratamento, feito com medicamentos que aliviam a dor e sessões de fisioterapia para melhorar a mobilidade do ombro, pode ser complementado com o uso de gelo e exercícios de musculação, desde que seja com orientação profissional. Também pode ser indicada a artroscopia (pequeno procedimento cirúrgico feito para retirar calos ósseos) e, em casos muito graves, poderá ser substituída a articulação lesionada por uma prótese.
Reichmann alerta sobre a importância de evitar automedicação ao destacar que em casos de sintomas que possam indicar problemas nos ombros é fundamental procurar um médico para obter o diagnóstico adequado e iniciar o tratamento o mais rápido possível.  

Veja também

Voltar para (Blog)