Postado em 22 de Abril às 17h00

Bem+Agro oferece benefícios aos produtores rurais catarinenses

Programa é uma iniciativa do Sistema CNA em parceria com a Faesc

Com o objetivo de fazer com que o produtor rural gaste menos, intensifique os negócios, aumente a produtividade e amplie seu conhecimento, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) em parceria com a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) e as demais Federações do Estados brasileiros, desenvolveu o Bem+Agro, um programa repleto de benefícios aos produtores rurais.
O programa Bem+Agro é uma plataforma digital na qual os produtores rurais em dia com a Contribuição Sindical Rural facultativa podem acumular agros que são pontos virtuais, sem valor monetário, que serão distribuídos aos usuários cadastrados no programa, como forma de reconhecimento e recompensa pelo relacionamento do produtor rural com o Sistema CNA. Os agros poderão ser utilizados (resgatados) dentro da plataforma Bem+Agro. “Ao realizar a contribuição sindical facultativa, o produtor rural receberá 20 mil agros. Os agros são distribuídos por CPF adimplente e não por quantidade de propriedades”, explica o presidente da Faesc, José Zeferino Pedrozo.
Para ganhar agros o produtor deve se cadastrar no site www.bemmaisagro.com.br, no item “Quero Participar”, preenchendo todos os dados solicitados. Após o preenchimento o produtor rural está apto a participar. No computador ou celular, o produtor acessa o extrato de agros acumulados, confere as ofertas – nacionais ou segmentadas por região – e troca moedas virtuais por benefícios. As ofertas são cadastradas tanto pela CNA, quanto pelas federações e sindicatos rurais.
BENEFÍCIOS
            Entre os benefícios do Bem+Agro, os produtores rurais terão acesso a condições especiais em empresas parceiras, a exemplo de descontos em planos de saúde, serviços laboratoriais, passagens aéreas, pneus e serviços relacionados, cursos de graduação e livros, além de acesso VIP a eventos do agronegócio, entre outros. Nacionalmente, a CNA já firmou convênio com empresas como Latam Airlines, Mercedes-Benz, Visa, Livraria Embrapa, Pirelli, Sabin Medicina Diagnóstica, Netshoes, Bancorbrás e Movida Rent a Car, entre outros.
Os produtores também terão acesso a cartilhas de processos produtivos e poderão formar turmas exclusivas para cursos do Senar; indicarão estudantes para o programa CNA Jovem; terão acesso prioritário a serviços prestados pelos sindicatos, como assessorias jurídica e contábil, bem como à Assistência Técnica e Gerencial do Senar.
O principal objetivo do sistema sindical rural é a defesa dos direitos, reivindicações e interesses do produtor rural, independentemente do tamanho da sua propriedade ou do ramo de atividade. Para isso, a CNA e as Federações da Agricultura, junto com os Sindicatos Rurais, trabalham inspirados em cinco princípios básicos: solidariedade social, livre iniciativa, direito de propriedade, economia de mercado e os interesses do País.  
De acordo com o presidente da Faesc, com base nisso criou-se o Bem+Agro que visa proporcionar melhorias significativas no dia a dia dos produtores rurais. “Tudo isso é possível por meio da Contribuição Sindical Rural que contribui com geração de novas tecnologias para auxiliar o produtor rural a aumentar a produção e produtividade do seu negócio”, complementa. 

Veja também

Seminário da Unoesc traz Ricardo Amorim03/05 Um dos economistas mais respeitados do Brasil, Ricardo Amorim palestrará no V Seminário de Desenvolvimento de Lideranças, dia 9 de julho, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó, com início......

Voltar para (Blog)