Postado em 08 de Abril às 16h40

ACIC no Legislativo: Vereadores de Chapecó debatem melhorias no bairro Trevo

Requerimentos que solicitavam obras em Unidade de Saúde e CEIM foram rejeitados em plenário

Na sessão da Câmara de Vereadores de Chapecó de sexta-feira (5), dois requerimentos do vereador Cleiton Fossá (MDB) dominaram os debates em plenário. Eles solicitavam ao prefeito informações sobre a possibilidade de melhorias e ampliação do Centro de Saúde da Família Colônia Cella e do CEIM Cantinho da Imaginação, do bairro Trevo. Segundo o vereador, ambas as estruturas estão precárias e preocupam os moradores. Fossá também questionou o valor de aluguel do CEIM pago pela Prefeitura, segundo ele, acima do valor de mercado.
“Estive nos locais e fiquei preocupado, especialmente com o CEIM Cantinho da Imaginação. A casa é antiga, tem problemas na parte elétrica, com fiação exposta e indícios de princípio de incêndio em alguns locais. Além disso, o governo paga R$ 2.900 de aluguel num bairro cujo valor médio gira entre R$ 800 e R$ 1.300”, destacou Fossá, endossado pela vereadora Marcilei Vignatti (PT). “Já tivemos tragédias em espaços alugados. O requerimento é importante e precisamos de atenção do governo para a situação”.
Já o vereador Diego Alves (PP) contrariou as informações do requerimento relacionado ao CEIM. “Conversei com alguns moradores e eles não querem que a creche mude de local. Também entrei em contato com pessoas de lá e elas não acham que o valor pago de aluguel está acima do mercado, pelo espaço que oferece. Mas isso não quer dizer que não se possa ter melhorias no local”, defendeu ele ao ser criticado pelo vereador Cleber Ceccon (PT). “Não queremos casa para a educação. Queremos espaço adequado e educação de qualidade. A casa é antiga e o valor pago de aluguel é alto sim. O governo precisa rever”.
O líder do governo, João Rosa (PSB), ao liberar a bancada para votação, criticou os requerimentos, classificando-os de “eleitoreiros de um vereador que quer ser prefeito”, porém afirmou que levará as demandas à secretária de Educação e ao prefeito.
Ambos os requerimentos foram rejeitados pela base do governo.
Outros dois requerimentos (84 e 85) do vereador Cleber Ceccon (PT) foram aprovados. Eles cobram informações do governo sobre o porquê do atraso da obra de construção da Unidade de Saúde do bairro Jardim do Lago, que deveria ser entregue em setembro de 2017, e o porquê da não entrega de medicamentos pela Farmácia Básica do bairro Efapi a pacientes atendidos depois das 22h.
Os vereadores também aprovaram requerimento de Neuri Mantelli (sem partido), solicitando respostas do prefeito ao ofício 27/19 do vereador que não foi atendido. O ofício pede a realocação de quatro pontos de containers da coleta do lixo no bairro São Cristóvão.
MOÇÕES
A sessão de sexta-feira também aprovou três moções. A 56/19, da vereadora Marcilei Vignatti, apela ao governador do Estado para que sejam feitos investimentos na infraestrutura e qualificação das 27 escolas estaduais de Chapecó e que a Escola de Educação Básica Zitta Flach, no Passo dos Fortes, (com 98% das obras concluídas), seja finalizada com agilidade para atender as demandas por vagas da comunidade. Essa mesma escola tem moção da vereadora Astrit Tozzo (PSD) aprovada pela Câmara para transformá-la em escola militar. Marcilei é contra.
Outras duas moções foram aprovadas: de Parabenização ao Colégio Exponencial pelos 30 anos de história no município, de autoria do vereador Cleber Ceccon (PT) e subscrito pelos demais vereadores, e a moção 67/19 de Neuri Mantelli apelando à secretária de Defesa do Cidadão e Mobilidade para a possibilidade de tornar a Rua Câmara Junior, no bairro Parque das Palmeiras, em mão única.
INDICAÇÕES
Os vereadores também aprovaram cinco indicações dos vereadores para melhorias na infraestrutura do município, como patrolamento, casacalhamento, manutenção de vias e instalação de faixa de pedestres e lombadas.
ACIC NA CÂMARA
As sessões do Legislativo no ano estão sendo acompanhadas pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). A iniciativa convida voluntários e comunidade em geral para participar das sessões e fiscalizar o trabalho dos vereadores. Até o momento, 46 projetos estão em tramitação na Câmara. 

Veja também

Semana do MEI inicia com atendimento especial e capacitações na região Oeste20/05 Os microempreendedores individuais (MEIs) e profissionais que querem formalizar seus negócios terão uma programação intensa voltada especialmente para esclarecer dúvidas, ampliar conhecimentos e auxiliar nos aspectos que envolvem a categoria. Trata-se da Semana do MEI 2019 promovida gratuitamente pelo Sebrae em todo o País, que iniciou nessa segunda-feira (20) e segue......
Educação financeira prepara para o futuro30/05 Sicredi realizou ações no RS, SC e MG que visaram esclarecer questões sobre como lidar com o dinheiro, manter a saúde financeira em dia e evitar golpes...

Voltar para (Blog)