Postado em 09 de Abril às 17h43

Saiba como prevenir dor nas costas na gravidez

Comum no período da gravidez, a dor nas costas geralmente vai embora após o parto, mas não é necessário esperar nove meses para se sentir melhor. O problema costuma piorar quando a mulher faz atividades que exigem esforço ou até mesmo em situações simples como ficar muito tempo em pé ou sentada, por exemplo.
De acordo com o médico ortopedista e traumatologista Joaquim Reichmann, entre as causas de dor nas costas nas futuras mães está a presença dos hormônios da gestação, ou seja, quando o nível do estrogênio aumenta 30 vezes e provoca um amolecimento das articulações pélvicas para se obter flexibilidade para o bebê sair durante o parto. Além disso, as articulações do corpo de maneira geral sofrem com essas alterações e por isso ocorre a dor. Todo o organismo de sustentação do corpo da mulher é sobrecarregado em função da necessidade de sustentar um peso maior em função do bebê que está em fase de desenvolvimento.
Outro problema comum no período é a dor no nervo ciático que pode provocar também fraqueza ou formigamento nas pernas. Porém, não há comprovação de que essas dores são causadas pelo crescimento do útero para suportar o tamanho do bebê, o que reforça a importância de procurar um médico ortopedista para obter o diagnóstico adequado.
De acordo com Reichmann, independente da causa, a dor lombar na gravidez pode prejudicar a saúde, trazendo consequências como redução no desempenho nas tarefas do trabalho, em casa e no lazer, além de interferir no sono de qualidade. 
Uma das orientações para aliviar esses desconfortos é deitar de barriga para cima com os joelhos dobrados e braços esticados e manter a coluna bem acomodada no chão ou num colchão firme. “Com isso, as vértebras ficam acomodadas e o peso nas costas reduz, o que resulta no alívio da dor”, destaca Reichmann ao alertar que caso a dor nas costas permaneça constante e não alivie com repouso é fundamental procurar um médico, pois a situação pode indicar algo mais grave.
Também são recomendações importantes para minimizar a lombalgia o uso de compressa quente três ou quatro vezes ao dia, massagem com óleo de amêndoas nas costas, alongamentos, prática de exercícios de forma regular e com acompanhamento de profissional especializado, evitar levantar pesos, manter as costas eretas ao sentar e quando caminha, entre outras. 

Veja também

Bovinocultura de corte cresce no Sul de SC13/05 Santa Catarina produz pouco mais da metade da carne bovina que consome, mas programa desenvolvido pela Faesc, Senar/SC e Sebrae/SC vai mudar essa realidade....
Tecnologia, sustentabilidade e Inovação para transformar cidades29/10 Projetos já estão sendo adotados e novas soluções inteligentes serão apresentadas no 12º Knowledge Cities World Summit (KCWS), evento que reunirá especialistas do mundo inteiro para debater o assunto...

Voltar para (Blog)