Postado em 30 de Maio às 17h07

Sociedade quer a redução de tributos

Dia Livre de Impostos reuniu mais de 100 lojas em Chapecó

Roseli Moreira Vanzella aproveitou o Dia Livre de Impostos (DLI), promovido nesta semana em Chapecó, para ir às compras no supermercado. Além dos itens básicos, Roseli levou para casa os produtos comercializados sem a cobrança de impostos. “É assustador o quanto pagamos de tributos em cima de cada produto. É difícil para quem recebe um salário mínimo se manter durante o mês com preços tão elevados. Se houvesse uma redução na tributação e aumento no salário dos trabalhadores com certeza a qualidade de vida da população seria muito maior”, observou.
A ação do Dia Livre de Impostos ocorre em todo o Brasil e, em Chapecó, foi realizada pela CDL Jovem Chapecó e a CDL Chapecó. Mais de 100 lojas comercializaram produtos sem a cobrança de impostos, oferecendo descontos de até 50% no valor. O gerente de marketing do Brasão Supermercados, que aderiu a iniciativa, Elton Ficanha salientou que a alta carga tributária recai sobre empresários e consumidores.
“Se os tributos fossem reduzidos, com certeza o poder de compra do consumidor seria maior. Hoje constatamos que muitas pessoas compram apenas o básico e não têm mais a possibilidade de consumir aquilo que gostariam. A elevada cobrança de impostos tem barrado a ascendência das vendas e a concretização de sonhos de muitas pessoas. Nos engajamos juntos nessa luta com a CDL Chapecó e a CDL Jovem para demonstrar aos nossos governantes que esse é um sinal de alerta, precisamos melhorar”, completou.
Patrícia Aparecida Perao comprou pela primeira vez no Dia Livre de Impostos e aprovou a iniciativa. “Se sempre fosse esse o valor cobrado sem dúvidas muitas pessoas teriam facilidade de acesso a itens que hoje não possuem. Em alguns casos o valor pago em imposto é 50% do produto. Os impostos são necessários, mas percebe-se que ocorre uma cobrança elevada”, observou.
A coordenadora do DLI pela CDL Jovem Chapecó Suzana Spohr destacou que a intenção foi fazer um alerta e manifestar a insatisfação dos brasileiros, levando-os a refletir sobre a elevada carga tributária do Brasil. “Os empresários que aderiram a essa campanha não repassaram o valor dos impostos aos consumidores, mas mesmo assim tiveram que pagar aos governos. Não existe isenção, mas o que lutamos é por um reajuste e melhor investimentos com o valor cobrado”.
De acordo com o diretor-presidente da CDL Jovem Chapecó, João Henrique Hoffmann, participaram do DLI supermercados, lojas de roupas, calçados, cosméticos, imobiliárias e restaurantes, entre outros. “Atingimos o nosso objetivo e engajamos um número ainda maior de lojistas em Chapecó. Isso demonstra a importância da união de esforços nesses momentos. Nós pagamos os impostos e temos o direito de fiscalizar e reivindicar por melhorias”.
O presidente da CDL Chapecó Clóvis Afonso Spohr reforçou que a participação dos lojistas demonstrou a importância da união de esforços. “Chapecó realizou esse ano um Dia Livre de Impostos ainda maior que no ano anterior. Nossa intenção é disseminar a iniciativa e levar o maior número de pessoas a refletir e lutar por seus direitos. Estamos muito satisfeitos com o engajamento de todos, só mudamos situações quando agimos em união”.   
LOJAS PARTICIPANTES

As lojas que participaram do DLI foram: Açaí Concept, Armeria, Atlas Incorporações, Badalotti Materiais de Construção, Brasão Supermercados, Casa do Construtor, Calçados Novo Hamburgo, Chapecó Store, Cauduro Corretora de Seguros, Certa Administradora e Corretora, Celeiro Supermercado, Celuppi Contabilidade e Consultoria, Dalu Modas, Dimencor Tintas e Revestimentos, Empório dos Bichos, Express Celulares, Farmácias São Rafael, Fascino Homeware, Ferragem Pampa, Ford Sperandio, Gráfica Pantone, Gemil Estofados, Luminus Materiais Elétricos, Macropampa, Matéria Prima Farmácia de Manipulação, Maqdima Ferramentas, Mr. Cat, Motocar, Multiniz, Multi Visão, North Hotel, O Boticário, Olímpia Frigeri, Ortobom, Óticas Diniz, Padaria Donana,  Piana Magazine, Piazza Tratores, Restaurante Kilo Grill, Santa Maria Imóveis, Saquetti Relojoaria, Seu Benedito, Supermercado Alberti, Supermercado Cristo Rei, Super Royal, Supermercados Moura, Sperandio Motors, Stilo Vip, Tigre Modas, TwoWeb Agência Digital e  Hyunday Sperandio.

Veja também

Problemas ortopédicos afetam número expressivo de produtores rurais16/04 É significativo o número de produtores rurais com doenças ortopédicas crônicas causadas por vícios de postura e uso de equipamentos e instrumentos de forma inadequada ou por um período longo ininterrupto. Aliado......

Voltar para (Blog)