Postado em 09 de Outubro às 17h17

Programa conscientiza sobre prevenção e cuidados com a saúde da mulher rural

150 produtoras rurais de Herval d’Oeste receberam orientações em evento do Sistema FAESC/SENAR

Orientar e conscientizar as mulheres sobre a importância do cuidado com a saúde física e psíquica foi objetivo do Programa Saúde da Mulher Rural, desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc). A ação ocorreu recentemente em Herval d’Oeste e reuniu 150 produtoras rurais. Foram parceiros o Sindicato Rural de Joaçaba e a prefeitura do município, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. Estiveram presentes o vice-prefeito Mauro Sérgio Martini e a secretária de saúde Marisa Langer.
De acordo com o supervisor regional do Meio Oeste do Senar/SC, Diego Visintin, o evento focalizou na saúde mental com palestra. “O objetivo desse evento foi abordar a saúde integral, principalmente a saúde psíquica das mulheres e não apenas a saúde física. Os cuidados com ambas devem andar juntas para que se tenha prevenção de possíveis problemas e, se aparecerem, saber como proceder e buscar ajuda dos profissionais adequados para cada caso”.
O evento contou com oficina sobre incontinência urinária; aferição de pressão arterial e teste de glicemia; jogos com orientação lúdica sobre a saúde da mulher e espaço da beleza. As mulheres também receberam orientação sobre a importância de fazer o exame Papanicolau e o autoexame de câncer de mama.
De acordo com o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Joaçaba, Clemerson Pedrozo, os cuidados e a atenção dedicados pelo programa à mulher produtora rural, aliados às informações transmitidas nas palestras e nas demais atividades desenvolvidas, visam resguardar a saúde e elevar a autoestima daquelas que participaram do evento. “Infelizmente sabemos que muitas mulheres nunca consultaram um médico ou se submeteram ao exame papanicolau, exame esse essencial para a detecção da doença. O Sistema FAESC/SENAR, em parceria com os Sindicatos Rurais e as Secretarias municipais de saúde, está prestando por meio dos eventos de saúde da mulher rural, que acontecem em todas as regiões do Estado, um grande serviço para a saúde de nossa população feminina”, destacou.
O presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo, ressaltou que o foco do programa é promover a conscientização sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce de doenças, além de contribuir para o aumento da autoestima e da qualidade de vida. “O capital humano representado pelas mulheres do campo é de extraordinária importância para as famílias, as comunidades, os estabelecimentos rurais e as empresas. Protegê-lo, preservá-lo e capacitá-lo é nosso compromisso”, enalteceu.
O programa vem sendo promovido em todas as regiões rurais catarinenses na forma de um dia de atividades que inclui palestras, orientações, serviços gratuitos e o exame laboratorial Papanicolau. “O objetivo é estimular o aumento da autoestima e os cuidados com a saúde das mulheres do meio rural. Para isso, é necessário alertá-las com relação ao diagnóstico precoce das doenças uma vez que, quanto antes for identificado, mais tranquilo e exitoso é o tratamento. Buscamos gerar oportunidades de educação e de prevenção, levando conhecimentos que possibilitem as mudanças de atitudes favorecendo melhor qualidade de vida”, complementou o superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi.

Veja também

Voltar para (Blog)