Postado em 02 de Setembro às 17h44

Município de Galvão contará com Laboratório Include

Iniciativa promove a cultura empreendedora de jovens em comunidades de baixa renda

Fomentar a transformação de ideias em negócios viáveis e com possibilidade de crescimento. Com este propósito a Prefeitura de Galvão instalou o Laboratório Include, que é uma ação pioneira no Estado de Santa Catarina e será inaugurado neste mês. Essa iniciativa conta com o apoio do Instituto Campus Party (ICP) e do Sebrae.
O Laboratório Include é estruturado em comunidades de baixa renda para qualificar jovens de 10 a 18 anos. Os participantes são incentivados, através da tecnologia, a idealizar e desenvolver uma ideia que solucione problemáticas relacionadas ao dia a dia da comunidade. Cada turma tem duração de seis meses e trabalha conteúdos como: robótica, eletrônica, programação, sensores e mecânica e empreendedorismo.
“As ações previstas nesta proposta possuem um alto potencial de transformação social e econômica do município, buscando contribuir para a formação de uma cultura de empreendedorismo entre os jovens da comunidade, incentivando a constituição de negócios com potencial de impactar a economia local”, enaltece o gerente da Unidade de Cultura Empreendedora do Sebrae Nacional, Gustavo Cesário.
A parceria Sebrae e ICP promove a cultura do empreendedorismo, com incentivo de ideias inovadoras e tecnológicas. O gerente regional Oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani, destaca que o Sebrae desenvolve e aplica soluções, ferramentas ou metodologias do SebraeLab e do Programa Nacional de Educação Empreendedora, de acordo com o perfil do público-alvo, para aperfeiçoar potenciais negócios.
Para o prefeito de Galvão, Admir Edi Dalla Cort, está iniciativa é relevante por trazer inovação ao município e porque a tecnologia está cada vez mais presente no cotidiano das pessoas. “Os adolescentes de baixa renda terão a oportunidade de se qualificarem profissionalmente em uma área que tem como tendência gerar empregos no futuro. Nossa expectativa é muito positiva para o município, inclusive as 75 vagas disponíveis já foram preenchidas e temos lista de espera de interessados”, comenta. O prefeito também enaltece que essa conquista é motivo de orgulho para o município, que tem 3.500 habitantes, e está preocupado com as tendências mundiais e busca ações para proporcionar uma cultura tecnológica.
PROGRAMA
O projeto Include tem por objetivo promover a transformação social com inovação e tecnologia, bem como difusão de oportunidades de maneira justa, posicionando segmentos da sociedade historicamente excluídos, seja por preconceito ou opressão. Além disso, a iniciativa oferece qualificação aos jovens de 10 a 18 anos para o mercado de trabalho, propicia o protagonismo na utilização da tecnologia como meio de resolver problemas e identifica participantes com QI maior de 140 e os encaminha para escolas adequadas.
A apresentação do conteúdo em sala de aula ocorre em quatro momentos, são eles: conceito, contextualização, correlação e prática. O método de ensino utilizado é o TRON (tecnologia, robótica e natureza), que tem como base um ensino transversal, correlacionando a inserção tecnológica com outras áreas do conhecimento que prevê o uso da motivação, problematização, teoria e prática.
As atividades práticas compreendem: ideação e prototipação de uma solução que responde a um problema do dia a dia da comunidade local. Os participantes aprendem também sobre desenhos em 3D com softwares livres, impressora 3D, projetos em 3D, programação em smartphones, desenvolvimento de aplicativos, iniciação ao GNU/Linux, design web, óculos de realidade virtual e drone.
Cada laboratório possui três turmas por semestre, com 25 alunos, mescladas no que tange gênero, idade e nível de maturidade.

Veja também

Voltar para (Blog)