Postado em 08 de Abril de 2020 às 17h32

CDL Chapecó pede a reabertura do comércio

Presidente da entidade, Clóvis Afonso Spohr, afirma que os lojistas estão preparados com responsabilidade para cumprir as exigências de prevenção e combate à pandemia

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Chapecó, Clóvis Afonso Spohr, solicitou ao Governo do Estado a reabertura do comércio na próxima semana. O pedido foi feito depois do anúncio da prorrogação da quarentena por mais cinco dias em Santa Catarina. Esta foi a quarta vez que o Estado estendeu a medida de isolamento. Para o presidente, a reabertura é uma necessidade econômica e de responsabilidade social. 
“Fomos surpreendidos pela prorrogação do decreto, já que esperávamos a reabertura como em outros segmentos liberados nesta semana. Nós precisamos abrir o comércio, nós temos as nossas necessidades financeiras e as nossas responsabilidades sociais. Nós somos capazes sim de fazermos uma abertura com toda a responsabilidade e exigências que o decreto estadual estabelece”, declara Spohr ao alegar que os lojistas seguirão medidas preventivas e protetivas e respeitarão limitações na reabertura dos estabelecimentos. Entre as exigências estão o afastamento mínimo de um metro e meio entre as pessoas, o atendimento com equipe reduzida em 50% e o uso de álcool em gel, luvas e máscaras.
O pedido da CDL Chapecó se refere ao comércio de rua, que já conta com o atendimento normal em alguns setores, como escritórios, autônomos, bancos, clínicas, farmácias, comércio de chocolate, profissionais liberais, autoescolas, mecânicas, revendas de veículos e lojas de materiais de construção. A entidade concorda que ainda não é momento de liberar locais e eventos de grande aglomeração de pessoas, mas aponta incoerência nas ações de retomada do setor. 
“Já percebemos o comércio atuando em alguns segmentos e queremos que o setor de uma maneira geral também abra, porque só assim vamos continuar dando o dinamismo que a nossa cidade e o nosso Estado necessitam. Nós somos responsáveis, nos permitam trabalhar. Abriremos com responsabilidade e segurança”, reforça o presidente. 
De acordo com Spohr, mesmo reabertos, os estabelecimentos comerciais não esperam grande movimento, já que a retomada do consumo deve ser lenta e gradativa. O presidente também destaca que a CDL Chapecó está elaborando uma cartilha de atendimento para distribuir aos 1.700 associados na cidade, com orientações sobre procedimentos e exigências a serem seguidos na reabertura das atividades.  

Veja também

Extremo oeste: Turismo de aventura e gastronômico atraem visitantes para Anchieta16/03/20 Rotas dos cânios com belíssimas cachoeiras, grutas e trilhas; voo de balão e parapente e a rota “Encantos e Sabores” da Associação Anchietense de Turismo (ANCHIETUR) são alguns dos atrativos turísticos do município de Anchieta, no extremo oeste catarinense. Os visitantes também podem conhecer as maravilhas apresentadas na Expo Anchieta, na......
Músicas de Natal pelas ruas de Chapecó neste sábado18/12/20 Evento, promovido pelo Fort Atacadista, iniciará às 18 horas com apresentação do intérprete e pianista, Rodrigo Soltton, pelo projeto Música à Domicílio...

Voltar para (Blog)