Postado em 03 de Maio às 17h19

Programa Negócio a Negócio inicia nesta segunda-feira no Oeste

Iniciativa tem como foco o diagnóstico e a elaboração de um plano de ação com sugestões de melhorias por meio de visitas dos agentes de orientação empresarial. Na região, as atividades começam pelos municípios de Chapecó e Xanxerê 

Identificar situações da gestão empresarial, elaborar um diagnóstico abrangendo temas como finanças, mercado e planejamento e, posteriormente, disponibilizar soluções personalizadas para auxiliar os empresários a suprir suas necessidades. Com este foco, o Sebrae/SC promove neste ano mais uma edição do Programa Negócio a Negócio – uma estratégia de atendimento personalizado oferecida aos empresários por meio de visita gratuita dos agentes de orientação empresarial.
Na área de abrangência da coordenadoria regional oeste (54 municípios), o Negócio a Negócio contemplará 9.900 empresas. As atividades iniciam com visitas de agentes de orientação empresarial nesta segunda-feira (6) em Chapecó e Xanxerê. “O critério para receber esse atendimento é ser microempreendedor individual ou microempresa. O diferencial é que este programa vai até o empreendimento. No entanto, se um microempreendedor individual ou proprietário de um pequeno negócio não receber a visita e se interessar pelo programa, basta procurar a coordenadoria regional Oeste”, explica o gerente regional do Sebrae, Enio Albérto Parmeggiani.
As informações solicitadas nas visitas contemplam o histórico da empresa, ramo de atividade, faturamento, número de funcionários, atendimento ao cliente, processos produtivos, finanças, planejamento, recursos humanos, tecnologia, entre outras. Após as visitas será realizado diagnóstico, seguido por um plano de ação, orientação empresarial, ferramentas básicas para administrar o negócio de forma sustentável e avaliação dos resultados obtidos.  Os empresários e empreendedores receberão orientação para tomada de decisões consistentes, esclarecerão dúvidas e serão orientados para adoção de procedimentos e soluções eficazes.

Informações pelo telefone (49) 3330 2800. 

Veja também

SC busca solução para o recolhimento de animais mortos17/05 Santa Catarina produz por ano mais de 790 milhões de frangos, 12,5 milhões de suínos e 4,1milhões de bovinos. Uma pequena parcela dessa imensa produção morre no decorrer do processo produtivo e exige recolhimento e destinação adequados. Para isso, Santa Catarina formalizou em 2017 o projeto-piloto Recolhe – Recolhimento de animais mortos, pioneiro no......
Cuidados podem ajudar na prevenção de desalinhamentos na coluna27/08 Cada vez mais aumenta o número de pessoas que sofre com desalinhamento da coluna vertebral – problema que se manifesta em três versões: escoliose, cifose e lordose. Os desvios da coluna são de origem genética e do......

Voltar para (Blog)