Postado em 27 de Março às 16h31

Indústrias têm até esta quinta-feira para aderir à campanha de vacinação do SESI

Cerca de 300 mil trabalhadores da indústria devem ser vacinadas contra a gripe neste ano em todo o Estado durante a campanha de vacinação do SESI – Serviço Social da Indústria, entidade da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC). Indústrias e comunidade interessadas devem acessar a página sesisc.org.br/vacina e fazer a adesão no sistema próprio da campanha, até esta quinta-feira, dia 28.
O sistema de adesão possibilita que a indústria adquira os dois tipos de vacinas para a gripe - trivalente e quadrivalente, tanto para seus trabalhadores, quanto para seus dependentes diretos e colaboradores terceirizados. A entidade poderá fazer a aplicação da vacina no próprio local de trabalho, se autorizada pela Vigilância Sanitária do município.
O valor para indústria associada é de R$ 37,00 vacina trivalente e R$ 47,00 vacina quadrivalente. Para as indústrias não associadas ao Sistema FIESC o valor é de R$ 41,00 vacina trivalente e R$ 52,00 vacina quadrivalente. As empresas que compõem o grupo econômico denominado “não indústria” também poderão aderir à campanha de vacinação. Para essas empresas, os valores são de R$ 49,00 e R$ 59,00 para vacinas trivalente e quadrivalente, respectivamente. O SESI novamente realizará a aplicação da vacina da gripe para a comunidade com valores atrativos. A data e os valores serão divulgados em breve.
Na página da campanha, é possível obter materiais para sensibilizar os trabalhadores sobre a importância de se prevenir a gripe. Mais informações no site www.sesisc.org.br/vacina, pelo e-mail faleconosco@fiesc.com.br ou por meio da Central de Atendimento 0800 48 1212. Em Chapecó e região, mais informações podem ser obtidas no SESI, localizado na avenida Getúlio Vargas, 150N, ou pelo telefone (49) 3321-7400.
Eficácia e segurança das vacinas
A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que mais de 2 milhões de mortes a cada ano sejam evitadas pela vacinação. O órgão também garante que a imunização é um dos investimentos em saúde que oferecem o melhor custo-efetividade para as nações, possibilitando resultado expressivo de prevenção a baixo custo, se comparadas a outras medidas.
Diferente de um resfriado, a gripe é uma doença séria. Todos deveriam, anualmente, tomar vacina contra a influenza, lembrando que quanto mais frágil a saúde do indivíduo, maior a importância de se vacinar. A imunização da população é muito importante para evitar os surtos de gripe. 
O gerente de operações SESI/SENAI da região Oeste, Jardel Carminatti, frisa que o site vacinacao.sesisc.org.br detalha que toda a vacina, para ser licenciada no Brasil, passa por rigoroso processo de avaliação, realizado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esse órgão, regido pelo Ministério da Saúde, analisa os dados das pesquisas, muitas vezes realizadas ao longo de mais de uma década, e que demonstram os resultados de segurança e eficácia da vacina obtidos em estudos com voluntários de vários países. O objetivo está em se certificar de que o produto é de fato capaz de prevenir determinada doença sem oferecer risco à saúde.

Veja também

Entender o Brasil não é fácil28/06 Ricardo Amorim, o mais influente economista brasileiro, estará em Chapecó no dia 9 de julho para palestrar sobre perspectivas da economia brasileira....

Voltar para (Blog)