Postado em 03 de Abril às 16h46

Encadeamento Produtivo do agronegócio discute inovação nas propriedades rurais

Os desafios da inovação e a forma de atuação como solução para fomentar o desenvolvimento nas propriedades rurais foram assuntos em destaque na reunião da governança do Projeto “Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos – Sebrae/SC: suínos, aves e leite”, realizada nessa semana em Videira. O encontro contou com participação dos representantes da Cooperativa Central Aurora Alimentos, das cooperativas filiadas, do corpo técnico de analistas e educadores do Sebrae/SC, além de representantes da Organização das Cooperativas do Estado de SC (OCESC) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC). 
O encontro visou avaliar as ações em andamento e discutir como serão priorizadas as etapas dos próximos dois anos do projeto. Na abertura, o presidente da OCESC/SESCOOP, do SICOOB Vale do Vinho e da Coopervil, Luiz Vicente Suzin, ressaltou a importância dos programas de qualidade – soluções que integram o projeto Encadeamento Produtivo, para o desenvolvimento das propriedades rurais. “O desempenho das empresas rurais após os cursos é impressionante, tanto na parte de planejamento e organização quanto na gestão. As famílias passam a cuidar de seus negócios com visão empreendedora e com cooperação entre eles”, observou ao complementar que a reunião foi estratégica para avaliar as atividades em andamento e discutir inovações a serem implementadas.
Segundo o supervisor do SENAR/SC no Meio Oeste, Diego Machado Visintin, querepresentou o presidente José Zeferino Pedrozo, oprojeto é essencial para fomentar práticas inovadoras nas propriedades rurais. “A iniciativa tem importante papel no fortalecimento das ações que visam manter as propriedades produtivas e sustentáveis”.
O gerente da regional Oeste do Sebrae/SC, Enio Alberto Parmeggiani, ressaltou que o ponto forte da reunião esteve relacionado aos desafios que serão priorizados na etapa 2020 e 2021 do Encadeamento Produtivo com destaque para ações que visem o uso eficiente de energia no meio rural e outras iniciativas inovadoras.  Segundo ele, as avaliações desses primeiros meses de trabalho em 2019 apontaram elevado nível de participação, profundidade nos assuntos abordados e importantes resultados. 
O coordenador do programa pela Aurora Alimentos, Joel Pinto, realçou a importante participação do engenheiro eletricista Anibal Rosa Vargas que apresentou um projeto para realização de diagnóstico das empresas rurais com o objetivo de verificar a realidade das instalações elétricas, o consumo de energia e as questões de segurança na propriedade. “A avaliação foi positiva e essa iniciativa deverá ser incorporada ao projeto no próximo ano. Também levantamos demandas importantes para 2020 e 2021 e avaliamos o andamento das atividades em relação às medidas para melhorias nas mobilizações de grupos, bem como na participação dos coordenadores e envolvimento da área técnica nesse processo. Foi um dia produtivo, pois todos tiveram a oportunidade de expressar suas opiniões e saímos satisfeitos com os resultados”.

 A reunião também contou com a participação dos gestores do Encadeamento Produtivo, Dreikes Belatto (gestor estadual) e Joselita Tedesco (gestora local).  

Veja também

Protagonismo feminino marca o Programa Ação Mulher em Chapecó27/08 O empreendedorismo foi o foco da palestra e das dinâmicas realizadas na segunda etapa do Programa Ação Mulher da Sicredi Região da Produção RS/SC/MG, realizado na última semana, na sede social da CDL Chapecó. Participaram aproximadamente 200 mulheres associadas de Chapecó, Xaxim, Xanxerê, Coronel Freitas e Nonoai. Os trabalhos foram conduzidos......
SESCOOP/SC forma 100 mulheres no Programa Mulheres Cooperativistas09/09 “Gostei muito de participar, pois temos um grupo de mulheres dispostas a grandes transformações, aprendendo valores e conceitos fundamentais do cooperativismo”. O sentimento de Rosely Zanatta, pecuarista cooperada do Sicoob......

Voltar para (Blog)