Postado em 26 de Abril às 16h05

Empresas associadas à Deatec participam de aulas práticas na Unoesc Chapecó

Projeto integra grade curricular dos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia da Computação e tem apoio da Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense

Aproximar os acadêmicos ingressantes nos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia da Computação, da Unoesc Chapecó, da realidade e demandas regionais. Esse é o objetivo de atividade que será realizada neste sábado, dia 27, das 08h30 às 11h30, no Bloco A da universidade, com apoio da Associação Polo Tecnológico do Oeste Catarinense (Deatec) e do Núcleo de Tecnologia da Informação e Comunicação (NTIC) da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC).
            Empreendedores das empresas associadas Desbravador, AtsLog, Raffinato, Gamatec e Infogen farão explanações para os acadêmicos. De acordo com o coordenador dos cursos, Tiago Zonta, a atividade integra uma exigência nos currículos das universidades de horas para Atividades Práticas de Ensino e Extensão (APEE). “A Unoesc sempre realizou essas atividades, mas agora prevemos no calendário e, com isso, nessa primeira atividade estamos buscando estreitar ainda mais a proximidade dos acadêmicos ingressantes com as empresas da região. O objetivo está relacionado tanto com a motivação como também com a visualização de carreira dos acadêmicos”.
            De acordo com Zonta, nos cursos de tecnologia sabemos que a evasão sempre é algo que assusta o grupo que visualiza os colegas "desaparecendo" de sala. “Precisamos esclarecer mais onde tudo o que eles estão aprendendo vai ser utilizado”, enfatiza. A Unoesc sinaliza a necessidade de criação de uma cartilha das empresas da região, mostrando o quanto o setor cresce. “Os jovens têm que sonhar com a profissão e estamos percebendo uma diminuição disso ano a ano”, comenta Zonta acrescentando que a demanda do mercado de trabalho na região está alta.
“Iniciou-se busca externa e em alguns casos uma busca interna baseada em salários, o que não é interessante. Temos que oferecer mais, atrair pela diversidade e possibilidade de crescimento. As empresas da região também estão passando pelo crescimento dos movimentos de startups, em que os acadêmicos buscam o sonho de ter seu próprio negócio. Isso aumenta a corrida por inovação nas empresas consolidadas, porque as startups podem trazer inovações que essas empresas também precisam atender para não perder seus clientes. Isso gera ainda mais demanda de mercado”, enfatiza o professor.

            O presidente da Deatec, André Telöcken, destaca que as empresas estão sempre em busca de bons profissionais e que há vagas disponíveis em Chapecó e região. O município é um dos principais polos de empresas de tecnologia do Estado e é reconhecido como um dos maiores polos do Brasil de startups por média populacional. “Daqui saem soluções de ponta que atendem as mais distintas áreas em todo o Brasil. O setor movimenta universidades, empresas e o empreendedorismo com a criação de diversas startups. O segmento possui empresas que comercializam produtos no País, além de exportar, trazendo riqueza e contribuindo para o desenvolvimento do município”.

Veja também

São José do Cedro intensifica consultorias na Sala do Empreendedor05/07 Além de oferecer atendimento e orientações sobre os mais variados aspectos que envolvem a formalização de negócios, a Sala do Empreendedor de São José do Cedro disponibiliza capacitações e consultorias gratuitas aos empresários locais. A inciativa conta com a parceria do Sebrae/SC. O prefeito Plínio de Castro manifestou......
ENTREVISTA: Clóvis Afonso Spohr24/01 CDL Chapecó: 50 anos e o início de uma nova fase O ano de 2019 iniciou com mudanças no cenário político brasileiro. As eleições de 2018 demonstraram a insatisfação da população......

Voltar para (Blog)