Postado em 04 de Junho às 17h22

Dias de Campo reúnem 300 produtores de gado de corte no Planalto Serrano

Iniciativa ocorreu em Anita Garibalbi, Bom Retiro, Campo Belo do Sul, Curitibanos, Lages, Santa Cecília, Urupema e Urubici 

Produtores rurais de gado de corte na região do Planalto Serrano atendidos pelo Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) participaram na última semana das oficias técnicas do Programa ATeG. Os encontros ocorreram em Anita Garibalbi, Bom Retiro, Campo Belo do Sul, Curitibanos, Lages, Santa Cecília, Urupema e Urubici e reuniram cerca de 300 produtores rurais entre os municípios.
O ATeG em Pecuária de Corte iniciou em Santa Catarina no ano de 2016 e representa um avanço na capacitação dos produtores rurais. De acordo com o coordenador estadual do programa Antônio Marcos Pagani de Souza por meio de visitas técnicas e gerenciais os produtores são preparados, com base nas orientações repassadas pelos técnicos de campo, para a condução das atividades pecuárias com um olhar empresarial empregando técnicas avançadas de manejo e gestão.
O supervisor técnico da ATeG em pecuária de corte Luis Henrique Correia explica que as oficinas técnicas visam reunir os grupos para trabalhar assuntos abordados durante os atendimentos nas visitas dos técnicos de campo. “Nessas oficinas abordamos o planejamento forrageiro de outono/inverno, manejo de pastagens de inverno, adubação de plantio e adubação nitrogenada dos pastos. Além disso, os produtores rurais sanaram dúvidas recorrentes com relação a produção de cada um”. 
O superintendente do Senar/SC Gilmar Antônio Zaluchi destaca que o programa conta com a parceria do Sebrae/SC e visa elevar a produção, a produtividade e o nível de gestão, aumentando a rentabilidade nas propriedades rurais. As propriedades rurais são assistidas em gestão, genética, manejo adequado, melhoria da alimentação e das instalações dos estabelecimentos rurais, por meio de visitas técnicas e gerenciais mensais no período de dois anos.
O presidente do Sistema Faesc/Senar José Zeferino Pedrozo observa que são atendidas cerca de 1.200 propriedades rurais vinculados a 31 Sindicatos Rurais e abrangendo 98 municípios das regiões do Planalto Serrano, Oeste, Meio Oeste, Extremo Oeste, Vale do Itajaí e Sul. “Por meio do programa já foram inseminados artificialmente 50 mil matrizes bovinas com protocolo de Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF). O próximo passo será inseminar mais 25 mil matrizes. O programa tem contribuído para o crescimento da pecuária de corte em Santa Catarina e isso é motivo de orgulho para nós”.
De acordo com a supervisora do Senar/SC na região do Planalto Serrano Stephanye Fanton todos os grupos de produtores rurais atendidos pela ATeG participam de duas oficinas por ano, uma no período de outono/inverno e outra de primavera/verão a fim de que tenham conhecimentos atualizados sobre o manejo mais adequado em cada estação com o intuito de garantir uma melhor produtividade. “As oficinas técnicas têm o benefício de aproximar o grupo oportunizando a troca de experiências entre produtores rurais da mesma região”. 

Veja também

NESTE SÁBADO: SENAR/SC realiza formatura do Curso Técnico em Agronegócio em Campo Alegre07/08 Vinte e sete profissionais realizarão o sonho da formatura no Curso Técnico em Agronegócio da rede e-Tec, neste sábado (10), no polo presencial em Campo Alegre. O curso é realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC) e forma......

Voltar para (Blog)