Postado em 18 de Junho às 17h36

Cooperativas participam do Congresso Técnico da Integracoop

A Cooper realizou na última semana o Congresso Técnico da Integracoop. O evento reuniu 52 pessoas de 24 cooperativas participantes, mais representantes da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC), e teve o objetivo de fazer o sorteio das chaves das 18 modalidades fixas e duas regionais, além de discutir detalhes relativos a hospedagem, logística e alimentação. A Integracoop acontece em Blumenau nos dias 26 e 27 de julho e terá a participação de mais de 2 mil pessoas.
O presidente executivo da Cooper, Osnildo Maçaneiro, recepcionou os participantes do Congresso. Os jogos contam com 31 cooperativas inscritas e cerca de 1.700 atletas nessa primeira edição com novo nome. A mudança de Fecoop para Integracoop teve o intuito de renovar a percepção do evento. “A ideia é que haja uma maior integração entre as cooperativas, exercitando os princípios da cooperação acima da competição. Por esse motivo, também teremos jogos cooperativos dentro da programação”, explicou Vanildo Luiz Milani, coordenador geral da 27ª Integracoop pela Cooper.
Mobilizando cooperativas da região, rede hoteleira e equipes especializadas nas modalidades, a Cooper é organizadora dos jogos das cooperativas pela segunda vez – a primeira foi em 1994. A OCESC é coordenadora e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP/SC) apoiador, ambos atuando nas discussões sobre regramento e mudanças ocorridas para viabilizar a realização do evento, que teve sua última edição como Fecoop em 2015.
“Observamos que as cooperativas receberam muito positivamente as alterações que realizamos. A vontade de tornar o evento mais integrativo e menos competitivo foi aprovada pelas participantes, e isso é nítido na maneira como essa edição está caminhando harmoniosamente e sem grandes surpresas”, comentou Paulo von Dokonal, coordenador geral da 27ª Integracoop pela OCESC.
Fonte: Assessoria de Comunicação Interna Sistema OCESC

Veja também

Quando conhecer os sintomas faz a diferença01/07 Era mais um dia de trabalho para o médico anestesiologista e cooperado da Unimed Chapecó, Dr. Arno Hepp. Em 23 de janeiro passado, pela manhã, o médico se dirigia ao Hospital Unimed Chapecó para suas atividades profissionais rotineiras. Porém, ao subir os degraus do setor administrativo sentiu um mal-estar caracterizado por uma espécie de pressão no peito e......

Voltar para (Blog)