Postado em 07 de Maio de 2019 às 16h24

Alterações respiratórias em pediatria é tema de curso na Unimed Chapecó

Com a chegada dos dias mais frios e a proximidade do inverno, começa a preparação dos locais de atendimento de urgência e emergência para receber pacientes com problemas respiratórias, em especial, as crianças que são as mais atingidas por doenças como pneumonia, bronquiolite e asma. Pensando nisso, o Hospital Unimed Chapecó, por meio da equipe de Educação Continuada, promoveu o treinamento Parada Cardiorrespiratória, Convulsão e Alterações Respiratórias em Pediatria, no último sábado, dia 4.
            A capacitação busca proporcionar um melhor atendimento e maior segurança ao paciente. A teoria e técnicas práticas foram conduzidas pela médica intensivista pediatra, cooperada da Unimed Chapecó, Dra. Luciana da Silva Carreira. A médica salientou que nos dias mais frios, os casos de problemas respiratórios aumentam, bem como a gravidade deles e, por isso, a importância de uma equipe capacitada e ágil.
“A causa mais comum de parada cardiorrespiratória em crianças é a insuficiência respiratória. Por isso, é fundamental o treinamento dos profissionais na reanimação e no trabalho em equipe para que cada um saiba como agir na hora exata”, destacou a médica.
            A enfermeira Perla Rosset, coordenadora do Pronto Atendimento do Hospital Unimed Chapecó, e que participou do treinamento, ressaltou que a capacitação foi destinada aos colaboradores que atuam diretamente no atendimento às crianças, seja no setor de urgência e emergência e demais unidades que prestam atendimento pediátrico.
“O treinamento é uma reciclagem para a equipe, não somente para os casos de parada cardiorrespiratória, mas para as situações convulsivas que podem ocorrer devido aos quadros de febre ocasionados pelas doenças respiratórias”, relatou.
Doenças Respiratórias no inverno
            O tratamento das chamadas doenças de inverno é feito de acordo com os sintomas apresentados. Mas, segundo os especialistas, o mais importante, são as medidas preventivas. Entre as doenças mais comuns, a gripe é a que atinge o maior número de pessoas. Cuidados como lavar as mãos com frequência, cobrir o nariz e boca ao tossir e espirra e evitar ambientes fechados e com aglomerações de pessoas ajudam no combate a essas patologias.
Texto Andressa Recchia 

Veja também

Setecentos profissionais são qualificados pelo Senar/SC na região Oeste em maio17/05/19 O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) promove mensalmente cursos gratuitos em diferentes segmentos da agropecuária. O treinamento de primeiros socorros é um dos que integram a lista. Com 16 horas, a capacitação aborda conceitos e termos......
10ª Avaliação Regional reconhece os melhores vinhos do Oeste de SC05/06/19 Os vinhos do Oeste catarinense analisados na 10ª Avaliação Regional, no último fim de semana em Pinhalzinho, serão premiados na sexta-feira (14), a partir das 19 horas, no CTG Porteira do Pinhal, durante o lançamento da......

Voltar para (Blog)