Postado em 13 de Setembro de 2019 às 17h30

ATeG em bovinocultura de leite beneficia mais de 2,7 mil propriedades em SC

Resultados do programa são apresentados no Congresso Brasileiro de Qualidade do Leite, realizado em Lages

Com o objetivo de qualificar os profissionais que colaboram no desenvolvimento das propriedades rurais, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), realizou nesta semana capacitação técnica e metodológica para profissionais que atuam na Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em bovinocultura de leite.
Essa atividade fez parte da programação do VIII Congresso Brasileiro de Qualidade do Leite, em Lages. Prestigiaram o evento o presidente do Sistema Faesc/Senar José Zeferino Pedrozo, a coordenadora da ATeG bovinocultura de leite no Senar/SC Paula A. D. Coimba Nunes, a supervisora do Senar/SC na região Planato Serrano Stephanye Fanton e os supervisores técnicos da ATeg/SC Jeam Carlos Palavro, Fernando da Silveira, Leandro Simioni e Jaison Buss. Também participam os 55 técnicos de campo que atuam nessa cadeia produtiva do ATeG.
O congresso foi promovido pelo Conselho Brasileiro de Qualidade do Leite (CBLQ) com patrocínio da CNA, do Senar e apoio da Faesc/SC. Entre os temas abordados estiveram o impacto do estresse térmico sobre a qualidade do leite; sistema de produção em compost barn; estratégias para o sucesso na melhoria da qualidade do leite no Brasil, produtos lácteos artesanais regionais (produção, qualidade e inspeção); qualidade do leite na produção orgânica e impacto da qualidade do leite no rendimento industrial.
RESULTADOS ATEG
O objetivo do ATeG é implantar um modelo de operação e gestão das propriedades rurais que envolva todos os processos da cadeia produtiva e possibilite a realização de ações efetivas nas áreas econômica, social e ambiental. Além dos processos de gestão de negócios para proporcionar a sua evolução socioeconômica da família e da comunidade.
Esse programa é baseado em um modelo de prestação de serviços de assistência técnica continuada, fundamentada em cinco passos: diagnóstico produtivo individualizado, planejamento estratégicos, adequação tecnológica, capacitação profissional complementar e avaliação sistemática de resultados.
De acordo com a coordenadora do ATeG em bovinocultura de leite em Santa Catarina, Paula A. D. Coimbra Nunes, desde que iniciou o ATeg no território catarinense, em 2016, foram organizados 101 grupos de ATeg bovinocultura de leite em 152 municípios, beneficiadas 2.757 propriedades rurais com 176.472 horas de consultoria.
O supervisor técnico ATeG em Santa Catarina, Fernando da Silveira, apresentou os resultados do programa com ações de melhoria na qualidade do leite; no aumento da produção e da produtividade; no melhoramento de pastagens e da alimentação do rebanho; na melhoria na genética, reprodução e sanidade do rebanho e na melhoria do gerenciamento da propriedade com indicadores financeiros e técnicos.
O presidente do Sistema Faesc/Senar, José Zeferino Pedrozo, enalteceu que os resultados desse programa são expressivos e animadores. “Desde que o programa começou percebemos um avanço na qualidade e na quantidade do leite produzido. Essa evolução é possível graças as visitas técnicas e gerenciais que ocorrem mensalmente e levam ao campo o que existe de mais atual”, afirmou. 

Veja também

SIPAT 2019: Pelo meu bem-estar04/07/19 A importância de prezar pelo bem-estar próprio norteou a programação da Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT) 2019 da Hospital Unimed Chapecó, promovida de 24 a 28 de junho. Este ano, o tema “Eu Cuido, Eu me Cuido. Cultive essa Ideia!” trouxe como símbolo das atividades a flor bem-me-quer, estabelecendo uma relação com a......
CDL Chapecó: 50 anos atuando em favor do comércio lojista10/10/19 Cinco décadas se passaram desde que o empresário Oclides Antônio Cansian teve a missão de fundar e presidir o Clube de Dirigentes Lojistas de Chapecó, em abril de 1969. A entidade, que em 1994 passou a denominar-se......
Fibromialgia requer tratamento multidisciplinar23/04   Dor generalizada, principalmente nos tendões e nas articulações, acompanhada de fadiga, rigidez corporal, sono não reparador, ansiedade, depressão e alterações intestinais, de memória e de......

Voltar para (Blog)