Postado em 29 de Abril às 17h49

Programa Cidade Empreendedora promove ações com foco no desenvolvimento local em Maravilha

As atividades do ciclo II serão desenvolvidas entre 2019 e 2020

O ciclo II do Programa Cidade Empreendedora desenvolverá ações de promoção do desenvolvimento no município de Maravilha, Extremo Oeste catarinense, até o ano de 2020. As atividades são realizadas pela Prefeitura do município com apoio do Sebrae/SC e têm por objetivo estruturar e implementar ações para fortalecer o desenvolvimento socioeconômico com o incentivo do empreendedorismo. A iniciativa é coordenada pela Secretaria de Indústria e Comércio.
Entre as atividades do ciclo II estão as reuniões para dar sequência aos trabalhos realizados na primeira etapa por meio da solução de apoio e acompanhamento da Sala do Empreendedor e acompanhamento do Agente de Desenvolvimento com a credenciada Simone Grobe, que acontecem quinzenalmente. Esta etapa é uma oportunidade para prosseguir com o avanço da transformação local pela implementação de políticas de desenvolvimento e agregar maior nível de complexidade no local e projetar trabalhos a serem realizados. A programação também contemplou discussão sobre os trabalhos que serão executados pelos agentes de desenvolvimento (ADs) para este ano e para 2020.
Nesta segunda-feira (29) ocorreem Florianópolis, o evento para escolha das trilhas do Ciclo II. Além disso, é realizada a cerimônia de entrega do X Prêmio Prefeito Empreendedor que reconhece a capacidade administrativa dos gestores públicos que tenham implantado projetos com resultados comprovados, ainda que parciais, de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública.  Na cerimônia serão conhecidos os municípios finalistas e vencedores estaduais das oito categorias existentes.
Maravilha conquistou o Selo Prefeito Empreendedor e concorre à final na categoria inovação e sustentabilidade com o projeto que incentiva o produtor rural a ter em sua propriedade internet de fibra ótica. “É uma iniciativa que trará grande avanço ao município, pois os empresários rurais terão acesso às tecnologias, informações, pesquisas e novas oportunidades de trabalho, além de entender melhor sobre o mercado fora da sua propriedade por meio do acesso facilitado à informação”, explica o diretor de indústria, comércio e turismo de Maravilha e coordenador do Programa Cidade Empreendedora, Mozer de Oliveira. O projeto inscrito Internet Rural Fibra Ótica incentiva os produtores rurais instalarem internet por fibra ótica nas propriedades teve a lei sancionada em 2017.

Veja também

Nesta segunda-feira: Fórum de Competitividade e Desenvolvimento promove reunião em Chapecó16/05 Um plano de ações para 2019 e para o projeto de internacionalização da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) serão pauta de reunião do Fórum de Competitividade e Desenvolvimento para a Região Oeste de Santa Catarina. O encontro será nesta segunda-feira (20), das 14h às 16h, na sala da......

Voltar para (Blog)