Postado em 24 de Maio às 17h17

O futuro da certificação digital é apresentado em palestra no Sindicont

Simplificação para as certificadoras, popularização e documento em nuvem são as tendências expostas nesta sexta-feira, em Chapecó

A modernização e simplificação do processo de emissão de certificados digitais será tema de uma reunião em Brasília na próxima semana. A informação é do diretor de canais da Safeweb Segurança da Informação, Luciano Schewe, que palestrou nesta sexta-feira (24), no Sindicato dos Contabilistas de Chapecó (Sindicont). Ele apresentou tendências e explicou os procedimentos para obtenção do certificado digital.
            De acordo com Schewe, o governo federal trabalha na desburocratização do processo de emissão do certificado digital para facilitar o trabalho das certificadoras. A intenção é popularizar o uso, tornando-o comum aos cidadãos, e reduzir os custos. Outra novidade é o certificado digital em nuvem. “Já está sendo disponibilizado, mas são necessários alguns cuidados, pois facilita em alguns casos, mas em outros não é o mais indicado, como para uso em sistemas de nota fiscal eletrônica”, observou.
O certificado digital ICP-Brasil é o documento eletrônico que possui a chancela da Receita Federal e permite a realização de assinaturas eletrônicas, de pessoa física e jurídica, com validade jurídica. Entre as vantagens do uso, Schewe destaca a agilidade, segurança e redução de custos. É uma ferramenta que permite que aplicações como comércio eletrônico, assinatura de contratos, operações bancárias, iniciativas eletrônicas de governo, entre outras, sejam realizadas. Os certificados contêm os dados de seu titular, como nome, número do registro civil, assinatura da Autoridade Certificadora que o emitiu, entre outros.
A confiança é garantida por um conjunto de entidades denominada Infraestrutura de Chaves Públicas (ICP) que regula a gestão do certificado através da emissão, da revogação e da renovação do mesmo por aprovação individual. No Brasil, o Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI) é uma autarquia federal vinculada à Casa Civil da Presidência da República, cujo objetivo é manter a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras (ICP-Brasil), sendo a principal Autoridade Certificadora da cadeia de certificação – AC Raiz.
            O Sindicont Chapecó passou a oferecer o certificado digital em fevereiro deste ano, por meio de uma parceria com a Safeweb Segurança da Informação. A empresa é a terceira maior Autoridade Certificadora do País, com mais de 850 locais de atendimento e mais de 1,2 milhão de certificados digitais emitidos. Com sede em Porto Alegre e mais de 22 anos de fundação, possui longa experiência no desenvolvimento de soluções para empresas e instituições nas áreas de certificação digital e atributo, documentos fiscais eletrônicos, portal de assinaturas eletrônicas, entre outros.
O presidente do Sindicont, Gelson Luiz Dal Ri, explicou que a entidade é, desde fevereiro, parceiro da Autoridade Certificadora Safeweb, que emite certificados digitais eCPF e eCNPJ através de filial localizada junto ao Sindicato.
            Mais informações no Sindicont, com Alini, pelos telefones (49) 3324-3817 e (49) 9 9124-9017 ou pelo e-mail certificado@sindicontcco.com.br.

Veja também

Chapecó lança ciclo II do Programa Cidade Empreendedora07/06 O ciclo II do Cidade Empreendedora será lançado nesta segunda-feira (10), às 16 horas, no Gabinete do Prefeito em Chapecó. A iniciativa, da Prefeitura em parceria com o Sebrae/SC, tem por objetivo dar sequência às......

Voltar para (Blog)