Postado em 01 de Julho às 17h07

Itapiranga potencializa ações de promoção do empreendedorismo local

Ações com foco para o empreendedorismo marcaram as atividades do ciclo II do Programa Cidade Empreendedora, no mês de junho em Itapiranga, Extremo Oeste catarinense. A iniciativa é da Prefeitura e conta com a coordenação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo com apoio do Sebrae/SC.
Entre as atividades destacaram-se as consultorias realizadas pelo Sebrae/SC na Sala do Empreendedor sobre as questões que envolvem o atendimento aos empreendedores. Outra consultoria reuniu o departamento de compras e agentes de desenvolvimento para demonstrar uma nova forma de o município organizar o setor e valorizar empresas estabelecidas em Itapiranga.
 Além de transmitir questões que possam auxiliar as empresas a tornarem-se fornecedores do município, também foi elaborada a agenda de cursos, oficinas e consultorias para o ano de 2019. Na visão da secretária municipal de desenvolvimento econômico e turismo, Carlise Welter Werlang, as consultorias são fundamentais para melhorar a gestão pública e o diálogo com empresários e empreendedores de Itapiranga. Aliado a isso, várias capacitações beneficiarão gratuitamente o público empreendedor e auxiliarão em diversas questões que envolvem gestão, inovação, finanças, entre outros aspectos. 
As atividades do mês contemplaram, ainda, a apresentação do “Salto: Aceleradora de Microempreendedores Individuais - MEIs” - novo programa que visa a qualificação e a melhoria do faturamento dos profissionais desta categoria jurídica. Também ocorreu o primeiro passo para firmar parceria no qual serão envolvidos professores e alunos da UCEFF Faculdades para oferecer mentorias aos empreendedores.
Cidade Empreendedora
Após concluir com sucesso, em dezembro de 2018, a primeira fase do Programa Cidade Empreendedora, o município de Itapiranga aderiu em 2019 ao ciclo 2 do projeto. As atividades seguem neste ano tendo como base soluções para fomentar a gestão pública e o empreendedorismo. O objetivo desta etapa é desenvolver projetos e iniciativas de forma planejada por meio de um sistema de Gestão Orientada para Resultados. 

Veja também

Santa Catarina busca apoio federal para melhorias na Rota do Milho12/04 A Rota do Milho já é uma realidade em Santa Catarina, o trajeto diminui os custos logísticos para a importação do grão e abastecimento das agroindústrias no estado. O Governo catarinense busca agora apoio federal para melhorar os serviços prestados na aduana de Dionísio Cerqueira, porta de entrada do milho vindo do Paraguai. Esse foi um dos assuntos......

Voltar para (Blog)