Postado em 27 de Março às 16h59

Hemorragia pós-parto é foco de treinamento na Unimed Chapecó

“Hemorragia pós-parto” - sangramento que ocorre principalmente nas primeiras quatro horas após o procedimento - foi o foco do treinamento que integra o Programa de Educação Continuada promovido pela Unimed Chapecó, no último sábado (23), na sede da cooperativa médica. A iniciativa foi a primeira de uma série de capacitações focadas na obstetrícia que ocorrerão ao longo do ano, visando capacitar enfermeiros que atuam na maternidade, bem como os que cobrem plantões, trainees e médicos. A primeira turma foi direcionada à enfermagem e contou com a participação de 18 profissionais.

Com aulas teóricas e atividades práticas realizadas com bonecos e utensílios que simulam situações reais, as atividades foram conduzidas pelas médicas cooperadas à Unimed Chapecó, Dra. Patrícia Pereira de Oliveira, Dra. Elis Margot Biasuz e Dra. Taciana Lidineia Alflen. “O intuito da educação continuada é diminuir erros na conduta. No momento em que há treinamentos periódicos, há redução nas chances de erro no atendimento prestado. Essa iniciativa não é somente para o amparo ao paciente que terá uma assistência melhor, mas também para a instituição porque diminui resultados negativos e melhora o êxito no tratamento”, destacou Dra. Patrícia.

A médica explicou que é fundamental o treinamento de uma série de rotinas para prevenção de diversas intercorrências. Neste primeiro treinamento, o objetivo era prevenção e tratamento de hemorragia pós-parto. “O intuito desta capacitação foi orientar sobre os fatores de riscos, saber detectar precocemente quando acontece alguma intercorrência e adotar as medidas o mais rapidamente possível para reduzir danos”, observou Dra. Patrícia ao complementar que em outros países do mundo a hemorragia é a principal causa de morte materna. Embora, no Brasil, não seja a principal causa, é também é um problema importante.

Dra. Taciana complementou que a hemorragia pós-parto na maioria das vezes pode ser prevenida, porém depende da destreza e trabalho em equipe de todos os envolvidos nesse momento de emergência. “Saber reconhecer precocemente e instituir o tratamento adequado vai diminuir a necessidade de transfusões sanguíneas e salvar vidas”.

Na visão de Dra. Elis, o treinamento foi essencial para aperfeiçoar conhecimentos sobre os procedimentos a serem adotados em situações dessa natureza. “O curso de educação continuada proporcionou estarmos juntos, em equipe e com os colegas, permitindo maior convívio. Além disso, trocar conhecimento, aprender, ensinar, memorizar é sempre bom! Obrigada às minhas colegas pela parceria, à Unimed pela oportunidade e às enfermeiras pela participação e interesse. Aguardando mais eventos como esse!”, finalizou.

TREINAMENTOS
Os próximos treinamentos serão sobre doenças hipertensivas na gestação e trabalho de parto e suas intercorrências. O objetivo é abordar os principais problemas existentes relacionados a esse assunto e mostrar as formas para obter uma conduta rápida, visando evitar agravos tanto para a mãe, quanto para o bebê. Ao longo do ano, serão trabalhados outros temas como, por exemplo, hemorragias em diferentes fases da gravidez, doenças hipertensivas, distúrbios vasculares.

Segundo a supervisora do setor materno infantil, Rosangela Sasso Mattern, o perfil de pacientes cada vez mais complexo motivou a criação desse programa que visa capacitar os enfermeiros e obstetras para que o atendimento seja de excelência. “Observamos os atendimentos de pacientes graves durante a gestação e decidimos abordar os principais assuntos relacionados às intercorrências comuns nesse período. Queremos que todos os profissionais estejam preparados para atender qualquer problema enfrentado pelas mulheres no período gestacional”, finalizou. 

Veja também

SESCOOP/SC forma 100 mulheres no Programa Mulheres Cooperativistas09/09 “Gostei muito de participar, pois temos um grupo de mulheres dispostas a grandes transformações, aprendendo valores e conceitos fundamentais do cooperativismo”. O sentimento de Rosely Zanatta, pecuarista cooperada do Sicoob Crediaraucária, demonstra a importância do Programa Mulheres Cooperativistas. Realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo......

Voltar para (Blog)