Postado em 24 de Janeiro às 17h32

ENTREVISTA: Clóvis Afonso Spohr

CDL Chapecó: 50 anos e o início de uma nova fase

O ano de 2019 iniciou com mudanças no cenário político brasileiro. As eleições de 2018 demonstraram a insatisfação da população brasileira. Diante um cenário desafiador e de boas expectativas positivas para a economia, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) comemora 50 anos de atuação em favor do comércio varejista. Com dois anos à frente da diretoria, o presidente Clóvis Afonso Spohr faz nessa entrevista um balanço de 2018 e projeta as oportunidades e desafios para 2019.

O Brasil enfrentou, nos últimos anos, uma pesada crise econômica e política. Qual balanço o Senhor faz do setor em 2018?
Spohr – O último ano foi marcado por dificuldades, principalmente em função das incertezas políticas e econômicas. Mas enquanto CDL Chapecó, conseguimos fazer um bom ano. Os serviços que oferecemos, de telefonia, certificação digital ou mesmo as consultas de SPC, tiveram avanços. Passamos um ano de dificuldades, mas crescemos, o que não ocorreu de modo geral no País.

Quais são as expectativas para 2019 no segmento do comércio varejista?
Spohr – Esperamos que seja um bom ano. Já começamos 2019 mais otimistas, inclusive com os índices de confiança positivos, tanto no comércio como na indústria. Acreditamos que será um ano de retomadas e volta do crescimento e dos investimentos. Percebemos também um consumidor mais preparado e maduro, com redução no índice de inadimplência. Isso gera novas situações de compra e o crédito continuará facilitado com juros acessíveis. Ou seja, para o comércio de um modo geral visualizamos um ano de avanços, retomada e crescimento.

E com relação aos novos governos Estadual e Federal, quais as expectativas?
Spohr – A população deu o recado nas urnas e esperamos que o desejo de mudança demonstrado se concretize nas administrações. Se for cumprido o que se prometeram teremos bons governos. Estaremos atentos para reivindicar e lutar em favor do comércio. Nossa expectativa é de que, realmente, ocorra diminuição da máquina pública e iniciem as reformas da Previdência, tributária e política. Além disso, esperamos que os governantes atuem de maneira intensa na corrupção, bem como, trabalhem para reduzir e simplificar a carga tributária.

O ano de 2019 é especial para a CDL Chapecó uma vez que comemora os seus cinquenta anos. O que o associado da CDL pode esperar para esse ano?
Spohr – Estamos em fase de planejamento e até o fim de março teremos as ações dos 50 anos definidas. Mas, sem dúvidas, teremos novidades para o comércio. Buscamos sempre nos reinventar e esse ano queremos inovar principalmente nas datas comemorativas com ações pontuais alusivas aos 50 anos, englobando tanto as lojas do centro como dos bairros. Esperamos surpreender. Estamos planejando tudo com muito carinho pensando sempre no comércio e no consumidor.

Quais foram os desafios e conquistas da entidade nesses dois primeiros anos de sua gestão?
Spohr – Foram dois anos de muito aprendizado. A responsabilidade é imensa, principalmente pela credibilidade da CDL Chapecó conquistada pelas gestões anteriores. Tem sido um trabalho desafiador pelo momento econômico e político que enfrentamos e porque precisamos nos reinventar a cada dia. Por outro lado, conseguimos evoluir e crescer graças ao trabalho em equipe. A CDL Chapecó é o que é em decorrência de uma diretoria comprometida e uma equipe de colaboradores engajados em fazer o melhor pelo comércio. Esperamos levar adiante essa credibilidade e confiança fazendo com que se venda mais em Chapecó, que é o grande desafio que temos todos os dias.

Como o Senhor avalia a evolução do comércio nesses cinquenta anos?

Spohr – O advento das novas tecnologias, os novos métodos e canais de vendas e a dinâmica de entrega da indústria, foram modificando os perfis de consumo. Há 50 anos atrás, o modo de compra era diferente. Hoje, o cliente tem acesso facilitado de maneira on-line, o que é um desafio para a loja física que precisa se reinventar. O consumidor conhece o produto que procura e, em alguns casos, sabe melhor as características do que o próprio vendedor. Por isso, é preciso estar por dentro das tendências e novidades do setor para que possamos ir além e oferecer aquilo que o consumidor atual busca. A tecnologia e a informação serão, definitivamente, a marca do futuro do comércio.

Foto – Clóvis Afonso Spohr, presidente da CDL Chapecó

MB Comunicação Empresarial e Organizacional CDL Chapecó: 50 anos e o início de uma nova fase O ano de 2019 iniciou com mudanças no cenário político brasileiro. As eleições de 2018 demonstraram...

Veja também

VIII Congresso de Terapia Nutricional e IV Congresso de Terapia Intensiva: Equipe multidisciplinar assegura nutrição adequada aos pacientes19/09 “O papel da Equipe Multidisciplinar de Terapia Nutricional (EMTN) no cuidado com o paciente” é o tema da palestra da médica de terapia intensiva Dra. Alessandra Miguel Borges, neste sábado (21), das 8h às 8h50, durante o VIII Congresso de Terapia Nutricional e IV Congresso de Terapia Intensiva. O evento é promovido pela Unimed Chapecó e reúne......
2º Fórum Sul Brasileiro impulsiona produção do biogás na região Sul05/09 O Brasil tem capacidade, de acordo com os substratos disponíveis, para produzir mais de 3 bilhões de metros cúbicos de biogás por dia. Isso representa uma geração de energia equivalente a aproximadamente 40% da......

Voltar para (Blog)