Postado em 09 de Maio às 17h16

Em reunião com Fórum Parlamentar, empresários de SC defendem reforma da previdência e infraestrutura

Encontro foi realizado na noite desta quarta-feira (8), em Brasília, com participação dos presidentes da FIESC, Fecomércio, Faesc e Fetrancesc

Em reunião com o Fórum Parlamentar Catarinense, o setor empresarial do Estado reforçou o apoio à reforma da previdência e defendeu investimentos em obras de infraestrutura, que contemplam os modais rodoviário, aquaviário e ferroviário. O encontro foi realizado na noite dessa quarta-feira (8), em Brasília, com a participação dos presidentes da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, da Fecomércio-SC, Bruno Breithaupt, da Faesc, José Zeferino Pedroso, e da Fetrancesc, Ari Rabaiolli, além do secretário nacional de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Junior.
Esta foi a primeira reunião das lideranças empresariais com o Fórum sob a coordenação do deputado Rogério Peninha Mendonça, que assumiu em abril em substituição à deputada Carmen Zanotto. “Desejo uma gestão profícua ao deputado e destaco o importante trabalho e a maneira cordial com que sempre fomos recebidos pela deputada Carmen”, disse Aguiar, da FIESC. “Estamos aqui em quatro presidentes de federações e estamos alinhados aos interesses de Santa Catarina. Podemos dizer que nossa prioridade é a aprovação da reforma da previdência. Não há nenhuma dúvida para nossas Federações da urgência do tema”, declarou, lembrando que a melhora no cenário econômico, em boa medida, depende de mudanças na previdência.
“Somos um dos estados que mais contribui, mas não recebemos retorno da União. Santa Catarina precisa de uma atenção especial. Fazemos o nosso papel, cumprimos o dever de casa e somos penalizados por isso. Na hora do repasse, somos esquecidos”, disse Peninha.

Texto: Assessoria de Imprensa da FIESC

Veja também

Santa Catarina bate recordes na exportação de soja23/04 Santa Catarina amplia em 65% as exportações de soja no primeiro trimestre deste ano. O complexo soja está entre os principais produtos da pauta catarinense de exportações, com 396,3 mil toneladas embarcadas em 2019 e um faturamento que passa de US$ 147,5 milhões. As informações estão disponíveis no Boletim Agropecuário, publicado pelo......

Voltar para (Blog)